Para Estudo

Oum Kalthoum

Oum kalthoum é um dos maiores nomes da música egípcia, sua data de nascimento é incerta, consta entre 1898 e 1904.  Faleceu no dia 03 de fevereiro de 1975, devido a um ataque cardíaco.  Nos vídeos de suas apresentações podemos observar a comoção da plateia quando ela se aproxima para começar a cantar. A sua voz contralto emociona os egípcios de uma maneira fortíssima até hoje. (Leia Mais).

O Shimmie de quadril

“O shimmie”, assim que escolhi falar desse assunto, pensei: Deus por que? Que ideia péssima!  Isso porque esse é o movimento mais básico e ao mesmo tempo mais complexo na dança do ventre. Básico porque não se pode pensar a dança do ventre sem ele, é um dos primeiros movimentos que aprendemos assim que iniciamos nas aulas. E complexo porque até o fim da vida a bailarina vai ter a convicção de que seu shimmie poderia ser melhor. (Leia mais)

Twist

Nos últimos dias, eu resolvi estudar mais sobre o twist, um dos movimentos que você aprende assim que começa a fazer aula de dança do ventre e agora quero compartilhar com vocês um pouco das minhas buscas. Mas antes, aquela explicação básica: o twist na dança do ventre é bem diferente daquele” twist and shout” dos The Beatles e da dança que os nossos tios amam fazer nas festas familiares. (Leia mais)

O Derbake

Resolvi falar do derbake porque nesses últimos meses tenho tido a experiência de dança em um restaurante árabe e constatei que, sem dúvidas, o derbake é o ritmo que mais chama a atenção do público. A batida intensa, acompanhada pelo corpo da bailarina deixa todo mundo vidrado. “Como ela treme daquele jeito?” eles pensam. (Leia mais)

Taqsim

O Taqsim é o solo melódico de um instrumento na música árabe. Os instrumentos mais comuns para a execução de um taqsim são o violino, o kanoon, o ocordeão e as flautas. Quando chega esse momento na apresentação da música, a bailarina assume uma postura mais introspectiva, transmitindo todo o mistério do taqsim. É, também, um convite para o público perceber as sutilizas do instrumento repercutindo no corpo da bailarina. (Leia mais).

Mãos e Braços

Em toda a aula eu e minhas colegas de turma escutamos a mesma coisa: “OLHA ESSES BRAÇOS!!!”. Um tormento! Sério, os braços são realmente um elemento fundamental na dança que, por muitas vezes, deixamos de lado.  O fato de dançarmos a dança do VENTRE, muitas vezes, nos faz pensar só na variação de quadris o que, ao meu modo de ver, não é a decisão mais acertada. (Leia mais).

Dança do Ventre e Dança Indiana

Quando eu falo que pratico dança do ventre, vem sempre alguém falar sobre dança indiana, então eu explico que dança do ventre e dança indiana são tipos diferentes de dança. Mesmo assim, meu apelido no orfanato onde eu dou aula de dança do ventre é indiana! Lá as meninas já aprenderam a diferença, mas algumas gostam de me chamar desta forma! rsrsr Depois de conhecer tantas pessoas com esta dúvida, resolvi escrever um pouco sobre as diferenças entre a dança do ventre e a dança indiana! (Leia mais)

Masmoud Sehir (baladi)

Este ritmo é muito conhecido como baladi, contudo este é um modo errôneo de chamá-lo, uma vez que deve-se considerar o nome baladi para a dança, que pode ou não conter o ritmo em sua composição. Masmoud Saghir em sua tradução literal significa Masmoud pela metade, e é diferente do ritmo Masmoud Kebir, que significa Masmoud Longo. (Leia mais)

Curiosidade sobre os instrumentos musicais

Gostaria de compartilhar com vocês algumas curiosidades sobre instrumentos musicais tiradas do livro “Música e Simbolismo – Ressonâncias Cósmicas dos Instrumentos e das Obras” do Roger J. V. Cotte. O livro não é sobre música oriental e eu estou lendo ele ao poucos. A abordagem dos temas é muito interessante e tem uma parte que fala sobre o simbolismo dos instrumentos. Separei 03 deles muito usados na música árabe. (Leia mais)

Leitura Musical

Estou há muito tempo sem escrever e já estava com saudades de estudar sobre um assunto pra escrever aqui no blog. Pois é, voltei! E pra voltar bem, resolvi escrever sobre um assunto que me instiga muito, uma eterna busca da bailarina: a leitura musical perfeita. Quando estamos começando na dança o nosso objetivo é conseguir terminar uma música executando todos os passos da maneira mais correta possível e sem desmaiar de nervoso ou medo. Rs (Leia mais)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s