Obrigada!

Por Carol Alzei

Hoje eu gostaria apenas de agradecer. Sou grata a dança que embala meu ventre, que encanta minha alma, que me torna uma mulher mais feliz e mais bonita. Mais agradecida pela vida, pela arte, pela permissão que Deus me dá de enxergar, de ouvir, de me movimentar, de seguir o ritmo com o coração.

Obrigada, minhas professoras, minhas amigas, minhas kalilas. Obrigada, bailarinas que fazem parte da minha listinha de estudo. Obrigada, compositores que enobrecem meus sentimentos com suas divinas obras musicais.

A Dança do Ventre já me salvou, já foi meu único estímulo, foi a luz quando eu queria as trevas. Pode parecer exagerado e eu exagero mesmo. Assim eu consigo passar um tantinho do imenso amor que eu sinto por essa dança oriental.

girl-beach-birds-dance-sand-sea

Fico pensando em como a dança mudou minha vida, como me proporcionou novas reflexões, prazeres e mudanças. Não somente a dança em si, mas as pessoas que encontrei nesse caminho. E por falar em caminho, hoje, a cada passo, eu danço.

A dança está comigo em todos os lugares. Quando eu olho o improviso do mar, a coreografia dos pássaros, quando escuto a melodia nos risos das crianças, quando eu vejo a sincronia dos olhares.  Dançando, as estrelas, a lua, o sol e as nuvens viram palco e a vida flui leve, ritmada e harmônica. Cheia de beleza, cheia de dança.

Obrigada, Dança!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s